INSCRIÇÕES PROUNI 2017 – Saiba como se Inscrever


Inscrições Prouni 2017 – O Programa Universidade para Todos é um programa do Ministério da Educação que oferece bolsas de estudos gratuitos e parciais para estudantes que ainda não concluíram a graduação, em instituições privadas de ensino superior. O programa foi criado em 2005 ainda pode ser integrado com o Sisu – Sistema de Seleção Unificada – para aumentar as chances do participante conseguir uma bolsa de estudo.


O Prouni 2017 é destinado para estudantes brasileiros que não possuem ainda um diploma de ensino superior, e que atenda um dos seguintes requisitos: ter concluído o ensino médio em uma escola pública; possuir alguma deficiência; ser professor da rede pública de ensino.


Na hora das inscrições Prouni é possível escolher qual vai ser o tipo de vagas que o participante deseja concorrer, sendo as opções: processo regular e o de ocupação das vagas remanescentes Prouni 2017. O processo seletivo funciona de duas maneiras, dependendo da opção que o participante escolheu no momento da inscrição, que são feitas exclusivamente através da web, no sistema do programa.

Acompanhe nos artigos abaixo tudo sobre o Programa Universidade para Todos e tire todas dúvidas de como funciona todo o processo para concorrer a uma vaga na universidade dos seus sonhos.

Inscrição Prouni 2017

O programa ProUni nasceu em 2005, originado através da lei nº 11.096, com o objetivo de garantir bolsas integrais e parciais para estudantes que desejam ingressar em uma instituição privada de ensino superior. Um dos requisitos básicos para se inscrever no programa é ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio a partir de 2010, e ter obtido um resultado Prouni 2017 maior do que 450 na média geral e uma nota superior a 0 na redação.

Inscrições Prouni 2017

Caso o participante de encaixe em um das características descritas abaixo, ele poderá concorrer a bolsas parciais de 50% através do programa:

  • Ter concluído o Segundo Grau (ensino médio) em uma instituição pública de ensino;
  • Ter concluído os estudos participante em escolas públicas e privadas;
  • Possuir alguma deficiência incapacitante;
  • Ser professor da rede pública de ensino.

Para concorrer às bolsas integrais, o participante deverá ter uma renda familiar mensal bruta de até 1 salário-mínimo e meio por pessoa e deverá informar logo no início das inscrições Prouni 2017. O programa é muito importante para quem deseja ingressar em uma universidade particular e não tem condições financeiras para financiar o sonho.

Como se Inscrever no Prouni 2017

A inscrição Prouni é realizada exclusivamente na internet, através do site do Programa Universidade para Todos. No momento da inscrição ProUni 2017 o participante poderá escolher entre concorrer às bolsas pelo processo normal ou então pelo processo de bolsas remanescentes, que são vagas não preenchidas pelo sistema tradicional do Prouni e com isso ficaram disponíveis.

Inscrições Prouni 2017

O cronograma com os horários e dias de quando as inscrições são abertas ficam disponíveis no site do programa, e pode ser acessado através do seguinte endereço: siteprouni.mec.gov.br. Geralmente as inscrições para o ProUni 2017 acontecem duas vezes ao ano, sendo no início e na segunda metade do ano. Para se inscrever é necessário inserir informações como RG e CPF, então a priori esses são os documentos necessários para ingressar no programa.

Para ser um bolsista do programa é necessário fazer parte de 01 das condições descritas logo na metade desse artigo; o ingresso no programa é destinado, basicamente, a um grupo de pessoas pertencentes a uma série de condições e participantes que realizaram O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) a partir de 2010.

Inscrições Prouni 2017

Para se inscrever no Prouni, o participante deverá acessar o endereço:

  • siteprouni.mec.gov.br e no site, escolher se essa é a primeira vez que você está participando do programa ou se você já é cadastrado no mesmo.
  • Feito isso, o participante poderá escolher o tipo de bolsa com a qual deseja concorrer, qual instituição deseja realizar o curso, se já é cadastrado em uma instituição de ensino etc.

Ao efetuar a inscrição, o candidato escolhe, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, de acordo com seu perfil. Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.

Para conseguir uma bolsa de 100% em uma universidade privada, o aluno deverá comprovar que possuir uma renda mensal inferior a um salário-mínimo e meio por membro da família, e também fazer parte do grupo de perfis beneficiados pelo programa, caso se autodeclarar Negro, Pardo, Indígena, portador de alguma deficiência, etc.

O que fazer após as inscrições Prouni 2017 ?

Após as inscrições do ProUni forem encerradas o programa seleciona os estudantes de acordo com a avaliação do último ENEM realizado após 2010. São realizadas duas chamadas, e os estudantes serão selecionados através do programa. Os pré-selecionados devem comparecer às instituições de ensino e apresentar os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.

Você poderá conferir se foi chamado e para qual instituição foi escalado no próprio passo de ProUNI. Feito isso, você receberá orientações acerca dos procedimentos necessários para ingressar na Instituição escolhida.

 

O candidato pode manifestar o interesse em participar da lista de espera do Prouni. Essa  lista de espera será usada pelas instituições de ensino para para preencherem as bolsas que não foram ocupadas, isso acontece por causa de alguns participantes não se atentarem aos prazo estabelecidos pelo programa ou a falta de alguma documentação.

O interesse em participar da lista de espera deve ser manifestado pelo candidato no ato de sua inscrição na página do Prouni. Existe alguns critérios para participar dessa lista, como poderão participar para o curso correspondente à primeira opção, o candidato:

  •  Não pré-selecionado nas chamadas regulares.
  • Pré-selecionado na segunda opção de curso, reprovado por não formação de turma.

Pode participar da lista de espera, para o curso correspondente à segunda opção, o candidato:

  • Não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso.
  • Não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso.
  •   Pré-selecionado na primeira opção de curso, reprovado por não formação de turma.

Agora sabendo todos os procedimentos, não perca tempo e garanta a sua graduação, aumentando as chances no mercado de trabalho. Boa Sorte!